IFCE Ceará
SiRem

Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes


Em que consiste o processo seletivo de remoção do IFCE?

De acordo com a Resolução CONSUP/IFCE nº 015/2016, a remoção em virtude de processo seletivo é a movimentação do servidor no âmbito do IFCE, independente do interesse da administração, para mudança de lotação mediante inscrição em edital de remoção expedido pela PROGEP.

O que devo fazer para participar do processo seletivo de remoção?

O servidor interessado deverá realizar seu cadastro no sítio do SiRem e efetuar sua inscrição no processo de seleção, conforme estabelecido em edital de remoção.

O que é o SiRem?

É o Sistema Informatizado de Remoção utilizado para a realização do processo seletivo de remoção no âmbito do IFCE, e que pode ser acessado por meio da página do IFCE (https://ifce.edu.br/progep/remocao) e do sítio do SiRem (http://sirem.ifce.edu.br/index/login).

Como devo proceder se não conseguir fazer meu cadastro no SiRem?

O servidor deve verificar junto ao Sistema de Gestão de Pessoas do Governo Federal (SIGEPE), a exatidão de seus dados cadastrais. Lembre-se de conferir seu número de matrícula Siape e eventuais erros de digitação no preenchimento de seus dados pessoais. Caso persista o impedimento para a realização do cadastro no sítio do SiRem, procure a unidade de gestão de pessoas de seu campus.

Quem foi removido em processo anterior ou que esteja em estágio probatório está impedido de participar do processo de seleção de remoção?

Não. De acordo com a Resolução CONSUP/IFCE nº 15/2016, não existe impedimento para que servidores em estágio probatório ou que tenham sido removidos em processo de remoção anterior possam participar de processo de remoção atual.

Quais são os requisitos para o servidor participar do processo seletivo de remoção?

Estão aptos a participar do edital de remoção, os servidores ocupantes de cargo efetivo e pertencentes ao quadro de pessoal do IFCE. Não poderão participar aqueles que estejam em gozo de qualquer tipo de afastamento ou das licenças previstas nos incisos II a VII do art. 81 da Lei nº 8.112/1990. No caso dos docentes, ainda é necessário possuir graduação correspondente ao perfil da subárea de seu interesse, conforme teor da Tabela de Perfil Docente do IFCE, e possuir o mesmo regime de trabalho da vaga ofertada.

Para participar do concurso de remoção é necessária a autorização da minha chefia imediata ou do Diretor Geral do campus?

Não. A alteração de lotação por meio de processo seletivo independe do interesse da Administração, estando condicionada apenas à classificação do servidor em edital de remoção.

Quantas opções de campus o servidor pode indicar ao se inscrever no processo seletivo de remoção?

O servidor poderá escolher entre todos os campi do IFCE, sendo possível alterá-los durante o período de inscrições estabelecido no edital, acessando o sítio do SiRem.

O servidor é obrigado a escolher todos os campi do IFCE no ato de inscrição do edital de remoção?

Não. O servidor pode escolher de 01 (um) até a totalidade dos campi do IFCE, desde que seja de seu interesse, devendo evitar indicar campus para o qual não tenha efetiva intenção de ser removido.

Haverá ordem de prioridade das opções de campus feita pelo servidor?

Não. Independente da ordem de escolha dos campi, os critérios de classificação e desempate são apenas os estabelecidos no art. 19 da Resolução CONSUP/IFCE nº 015/2016. Assim, o servidor concorrerá com os outros servidores, para suas opções de campi de interesse, sem ordem de preferência.

Quais são os critérios de classificação e desempate do edital de remoção?

Os critérios de classificação e desempate somente serão aplicados quando existir mais de um servidor ocupante do mesmo cargo, interessado na remoção para a mesma localidade/campus. De acordo com o art. 19 da Resolução CONSUP/IFCE nº 015/2016 os critérios são os seguintes: I. maior tempo de serviço, como servidor efetivo do IFCE, no cargo em que concorre no processo seletivo de remoção; II. maior idade; III. maior nota obtida no concurso público para ingresso em Instituto Federal de Ensino, no cargo que concorre no processo seletivo de remoção.

Quando o servidor ficará sabendo do surgimento de vagas e para quais campi foram disponibilizadas?

Por ocasião da publicação na página do IFCE do edital de processo seletivo de remoção expedido pela PROGEP.

Como se processará o edital de remoção?

O processo seletivo será realizado em duas fases, sendo a primeira a inscrição e classificação, e a segunda a convocação para as vagas ofertadas nos “ciclos de remoção”, com a utilização do Sistema SiRem, disponível na página do IFCE.

Como será feita a convocação para as vagas ofertadas?

A convocação dos servidores com inscrição deferida ocorrerá por meio do envio de notificação para os e-mails cadastrados pelo servidor no SiRem.

Quantos ciclos terá o Edital de remoção?

Enquanto houver servidor interessado nas vagas, serão processados os ciclos para que todos se manifestem acerca do efetivo interesse em ser removido.

Como são gerados os ciclos?

O primeiro ciclo é a própria oferta de vagas para os campi de acordo com o Anexo I de cada edital de remoção. Os demais ciclos são gerados toda vez que um servidor se classificar em vaga ofertada, deixando uma vaga disponível em seu campus de origem.

Quando terminam os ciclos?

Eles se encerram quando não houver mais interessados nas vagas disponibilizadas, e então será homologado o resultado final do edital de remoção.

O que significa ciclo no Edital de remoção?

É a rodada para preenchimento da vaga ofertada até que não haja nenhum servidor classificado interessado na remoção.

Como devo proceder para me manifestar nas vagas que estão disponíveis para mim?

O servidor deve acessar o sítio do SiRem e assinalar a vaga que tem e que não tem interesse. Em seguida, para aquelas que assinalou positivamente, precisa obrigatoriamente definir a prioridade dentre os campi/subáreas disponibilizadas para o servidor.

Para definir as prioridades nas vagas ofertadas, qual é a escala a ser utilizada?

Será utilizada o seguinte padrão: o numeral 1 é a escolha de maior prioridade, o numeral 2 de menor prioridade que o 1, e assim sucessivamente.

Como ocorre a manifestação do servidor no SiRem quando for convocado?

Inicialmente, o servidor deve estar atento às publicações disponíveis no sítio do IFCE e aos e-mails enviados pelo SiRem. São consideradas modalidades de manifestação do servidor: a) manifestação expressa, compreendida como o aceite (SIM) ou desistência (NÃO), informada pelo servidor para cada vaga que lhe venha a ser ofertada no processo de remoção; b) recusa, compreendida como a ausência de manifestação expressa acerca da vaga que lhe venha a ser ofertada no concurso de remoção; c) em caso de manifestação positiva (SIM), deve ainda estabelecer a ordem de prioridade de interesse das vagas, observada as opções de campus informadas no ato de inscrição.

Pode em um mesmo ciclo, o servidor ser convocado para mais de uma vaga?

Sim, pois o SiRem convocará em cada ciclo os servidores que preenchem os requistos de cada vaga, podendo figurar em mais de um campus, conforme as opções de campi realizadas na inscrição. Dessa forma, justifica-se a necessidade de estabelecer prioridade quando se manifestar positivamente.

Como será processada a classificação na vaga ofertada se mais de um servidor manifestar interesse para a mesma vaga?

Será observada a prioridade estabelecida por cada candidato e restará classificado na vaga o servidor com melhor classificação na primeira fase do processo de remoção. As demais opções de campus, do candidato classificado na respectiva vaga, serão desconsideradas, não podendo mais ser objeto de reconsideração ou declínio.

O que ocorre com o candidato que se manifestou positivamente naquela vaga e não ficou classificado?

O candidato que se manifestar positivamente, estabelecendo sua prioridade, e ainda assim não ficar classificado em vaga decorrente de sua escolha, permanecerá concorrendo no processo de remoção.

Como o candidato terá acesso ao resultado de quem se classificou na vaga ofertada?

O servidor poderá acessar o sítio do SiRem e visualizar a classificação e as escolhas de cada candidato para as vagas ofertadas. Também serão publicados no na página do IFCE os resultados de cada ciclo e os relatórios das escolhas por campus/subárea.

Ainda estou com dúvidas, a quem devo me dirigir?

Toda a comunicação será realizada por meio de correio eletrônico, portanto eventuais dúvidas devem ser enviadas para este endereço (sirem@ifce.edu.br).

Caso seja verificada alguma inconsistência nos dados constantes do SiRem, como devo proceder?

Deve ser registrada mediante envio de email ao sirem@ifce.edu.br ou, ainda, utilizar o período para interposição de recursos estabelecido no Edital de Remoção

É possível visualizar no sítio do SiRem os servidores que estão concorrendo para o mesmo campus?

Sim. Durante o período de inscrição no edital de remoção, o servidor, ao selecionar sua opção de campus, poderá visualizar os demais concorrentes para aquela mesma opção.

Ainda há formação de cadastro de reserva para realização do processo seletivo de remoção?

Não. Somente será expedido edital de remoção quando houver vagas disponíveis para os campi ou Reitoria do IFCE.

Qual a vigência do edital de remoção?

Não haverá vigência. O edital se extinguirá quando todos os servidores classificados nas vagas ofertadas forem efetivamente removidos.

Como ficarei sabendo quais cargos ou subáreas ofertadas?

No Anexo I de cada edital de remoção constarão os cargos vagos de Técnico-administrativo e as subáreas para os docentes, que serão ofertadas por campus. O perfil da vaga para docentes observará o disposto na Tabela de Perfil Docente do IFCE.

O que são as subáreas e especialidades de cada vaga?

São subdivisões das áreas do conhecimento utilizadas pelo CNPq e CAPES e definidas no âmbito do IFCE conforme Tabela de Perfil Docente.

O servidor convocado para se manifestar sobre as vagas em edital de remoção está obrigado a aceitar a vaga ofertada?

Não. Após a convocação prevista em edital de remoção, o servidor terá o prazo de até 02 (dois) dias úteis, contados da data da publicação da listagem contendo o nome do servidor, para se manifestar expressamente sua aceitação ou recusa das vagas ofertadas por campus/subárea.

Caso o servidor aceite a vaga ofertada, o que ocorre com as suas outras opções de campus?

O candidato que aceitar a vaga ofertada terá as demais opções de campus desconsideradas, e terá, posteriormente, sua remoção efetivada por meio de Portaria expedida pelo IFCE.

O servidor pode cancelar sua inscrição no edital de remoção?

Não. No entanto, o servidor poderá aceitar ou não as vagas que venham a ser ofertadas, por meio do acesso ao sítio do SiRem.

Depois de aceitar a vaga ofertada, quanto tempo o servidor tem para se apresentar no campus de destino?

O servidor deve aguardar em seu campus de origem a expedição da Portaria de remoção e a entrada em exercício do servidor ou candidato que irá ocupar a vaga a ser deixada no seu campus de origem. O servidor terá o prazo de até 10 (dez) dias corridos, contados da data da Portaria de remoção, para entrar em efetivo exercício no campus de destino, desde que a movimentação ocorra entre campus de cidades diferentes.

O servidor removido por meio de concurso de remoção receberá ajuda de custo?

Não. As despesas decorrentes da efetivação do ato de remoção correrão por conta do servidor removido, não gerando qualquer ônus para a Administração.

Como fica a situação do cônjuge do servidor removido em decorrência do concurso de remoção?

A remoção realizada por meio de processo seletivo ocorre independente do interesse da Administração, portanto o cônjuge do servidor removio não tem direito de ser movimentado com amparo no parágrafo único, inc. III, “a” do art. 36 da Lei nº 8.112/90.

Qual a diferença entre data da posse e a de efetivo exercício?

A data da posse é o dia em que o servidor foi empossado no cargo para o qual prestou o concurso público, e data de efetivo exercício é o dia em que o servidor iniciou sua atividades laborais em seu campus de lotação. O efetivo exercício é a data que inicia a contagem de tempo de serviço para fins do processo seletivo de remoção. Para os servidores redistribuídos, o efetivo exercício no IFCE é a data da publicação no Diário Oficial da União da portaria de redistribuição.